Tudo o que você precisa saber sobre cartão de crédito

Está pensando em solicitar crédito? Confira tudo o que precisa saber sobre cartão de crédito, aqui neste artigo!

Entre tantos bancos, opções diferentes, taxas de juros e linhas de crédito, é difícil saber qual cartão solicitar. Pior ainda, às vezes nem temos certeza de como funcionam e passamos a ter medo de acabar endividando-nos e fugindo dos telefonemas irritantes do banco. Mas, ter um cartão de crédito não precisa ser um desafio, ele também pode ser uma ferramenta muito útil em nosso dia a dia, que pode nos tirar de problemas e, melhor ainda, que pode nos permitir dar prazer de vez em quando, resolver despesas urgentes, equilibrar nossas finanças e muito mais.

Para que você não tenha dúvidas sobre este assunto, apresentamos tudo o que você precisa saber sobre cartão de crédito.

Para que servem os cartões de crédito?

O cartão de crédito é um meio de pagamento em que o banco emissor nos empresta uma determinada quantia de dinheiro para que possamos fazer as compras ou as despesas que desejamos naquele momento, tendo a possibilidade de pagar essa quantia posteriormente.

Qual a diferença entre um cartão de crédito e um cartão de débito?

A principal diferença entre os dois é que o cartão de crédito é um meio de financiamento para se ter caixa, ou seja, um empréstimo que pode gerar, se não for atendido com os devidos cuidados, uma dívida. A disposição desse dinheiro tem um limite definido pelo banco emissor.

Um cartão de débito, por outro lado, é a provisão de dinheiro real que é mantido na conta bancária. Ao pagar com ele, o valor utilizado é automaticamente sacado do saldo da conta vinculada ao cartão. É quase como usar dinheiro, apenas na forma de um pedaço de plástico. Seu uso não gera dívidas com o banco que o emite.

Como escolher um cartão de crédito?

Escolher um cartão de crédito não é uma decisão a ser tomada de ânimo leve. Tem de pensar nas suas finanças pessoais para escolher o cartão que melhor se adapta a si.

Antes de optar por um, o melhor a fazer é uma projeção de quanto dinheiro podemos comprometer por mês sem afetar a nossa economia. Uma vez feito esse exercício, é melhor comparar o custo anual total, as taxas de juros e a anuidade de diferentes cartões de bancos diferentes; tudo com o objetivo de escolher o melhor licitante para nossa linha de crédito.

Leve em consideração sua renda, seu consumo (para que você realmente quer o cartão?) e seu histórico de crédito.

Como manusear um cartão de crédito corretamente?

Para evitar as dívidas extenuantes que o mau uso do cartão de crédito pode gerar, o melhor é seguir estas dicas simples que irão facilitar o manuseio do mesmo e promover a saúde das finanças.

·         A primeira coisa é usar o cartão de forma moderada e de acordo com nossa renda mensal. É importante lembrarmos que se trata de dinheiro emprestado e temos que pagar no final do mês.

·         Sempre temos em mente nossa data limite e de pagamento. A primeira é aquela que está marcada como o fim do período de registro do que consumimos e a segunda é o prazo que temos para fazer o referido pagamento sem cobrança de juros.

·         Tenhamos cuidado com promoções de meses sem juros, porque se não pagarmos a tempo pode sair do controle e no final acabaríamos perdendo mais do que poderíamos ganhar.

·         Guarde os recibos e extratos de conta.

Erros comuns ao usar um cartão de crédito

Para que ter o cartão não acabe sendo uma dor de cabeça, evitemos as seguintes ações que podem levar ao mau uso e acabar em dívidas:

Pagar apenas o mínimo a cada mês

Dificilmente acabaremos com a dívida se nos dedicarmos a pagar o valor mínimo estabelecido. Nosso objetivo deve ser sempre pagar o valor integral para não gerar juros e assim gerar uma boa pontuação de crédito. 

Uso do limite de crédito

Levar o cartão ao limite só vai prejudicar a nossa história, apesar de em algum momento conseguirmos pagar o valor integral.

Sacar dinheiro em um caixa eletrônico com seu cartão de crédito

Os bancos cobram altas taxas para fazer isso e acaba sendo contraproducente.

Não pagando na hora certa

Parece que não vai acontecer muita coisa, mas a verdade é que, além de afetar nosso histórico de crédito, teremos que pagar juros que aos poucos vão arrecadar uma quantidade considerável de dinheiro.

Inscrever-se para obter vários cartões de crédito ao mesmo tempo

É um excesso que talvez nosso bolso não consiga resolver, o que só vai gerar mais problemas ao invés de diminuir o ônus econômico.

Em resumo, o uso moderado de nosso cartão de crédito beneficiará tanto nossa história quanto nossas finanças pessoais. Tome a decisão de forma consciente e informada para que seu cartão seja mais um aliado e não se torne o inimigo mais temido do seu bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *