Notebook para jogos pesados: saiba o que é essencial

Notebook para jogos pesados: saiba o que é essencial

Um computador gamer deve ter memória RAM, armazenamento e processamento diferenciados.

Um notebook para jogos pesados, ou notebook gamer, é o produto dos sonhos de qualquer jogador. Similar ao computador tradicional, ganha nos aspectos relacionados performance, design e experiência, além de processamento e memória diferenciados. Se está interessado em um notebook para jogos pesados, saiba o que é essencial no equipamento.

Primeiro, é bom ter em mente que o notebook gamer não é um computador barato e torna-se defasado a cada ano. Felizmente, existem diversas opções de mercado e você pode economizar com cupons KaBuM, de modo que, antes de escolher, é importante considerar o orçamento e a real necessidade. Mas, acima de tudo, o modelo deve suportar longas horas de jogo.

Diferença entre computador tradicional e notebook gamer

O notebook gamer é maior e mais pesado que um modelo tradicional. Em contrapartida, possui sistema de refrigeração sofisticado e aguenta jogos pesados, sem comprometer a performance da máquina. Por isso, suporta longas horas de uso prolongado, afinal, quem joga não quer parar tão cedo!

O teclado também é apropriado para jogos, com iluminação, resistência e teclas de atalho adaptadas para os comandos do game. A tela é de alta qualidade, com imagens em full HD. Por fim, vem com a configuração pronta que atende a maioria dos jogadores.

Aspectos básicos na hora de comprar um notebook gamer

Notebook para jogos pesados

1.   Processador

Um notebook próprio para jogos tem como objetivo suportar jogos pesados, sem travar. Por isso, o processador deve ser potente e compatível com os games. A maior parte das máquinas possui processadores com quatro núcleos, permitindo trabalhar com mais aplicativos sem comprometer a performance.

O primeiro ponto a observar quanto ao processador é o número de série do chip. Mas, o que isso significa? Um processador Intel, por exemplo, tem melhor desempenho no Core i7, enquanto o Ryzen 7 é superior nos dispositivos com AMD. Ainda, quando mais novo o modelo, maior a facilidade em rodar jogos atuais.

Isso porque a máquina exigirá menos esforço na hora de reproduzir o jogo, apresentando boa taxa de quadros por segundo.

2.   Memória RAM

Outro fator relevante é a memória RAM do notebook, atrelada às funções e demais configurações da máquina. É recomendável, pelo menos, 16GB para não ter problemas no desempenho. Entretanto, pode haver dificuldade em encontrar produtos prontos de fábrica, podendo exigir a aquisição de memória extra.

Mas, se outras configurações da máquina forem potentes, 8GB de memória podem bastar. Há quem aposte nas versões com 32GB, mas como o investimento é bem mais alto, é interessante avaliar se vale a pena.

3.   Placa de vídeo

As placas de vídeo são responsáveis pelo desempenho de jogos tridimensionais e tarefas multimídia, fatores importantes quando se fala em jogos. Como resultado, um notebook gamer demanda chips mais poderosos que as máquinas convencionais. Entre as peças de diferentes níveis de desempenho, estão GTX 960M, R9 M290X e GTX 980.

4.   Armazenamento

A execução de jogos pesados demanda alta performance de armazenamento, por isso, é bom escolher um modelo com SSD instalado. Afinal, jogos ocupam bastante espaço! Isso vai fazer a diferença na leitura de dados e taxas de gravação. O ideal é adquirir um disco rígido de 500GB a 1T.

Bom considerar também a tecnologia de armazenamento, dividida em disco rígido (HD) e dirve de estado sólido (SSD), focado em velocidade. Como os notebooks que vêm com SSD de fábrica são caros, dá para realizar o upgrade, desde que haja compatibilidade entre os modelos.

5.   Tela

O display precisa de alta resolução para exibir imagens de qualidade, caso contrário, não faz sentido caprichar nas outras configurações. Também é importante observar a taxa de atualização, uma vez que o usuário pode sentir cansaço após horas de jogo. Assim, a tela deve ter frequências para resultar em imagens fluidas.

Quanto ao tamanho, telas de 15 polegadas funcionam para modelos mais compactos, porém, para ter uma visão ampla do jogo, é interessante adquirir uma máquina com, pelo menos, 17 polegadas.

6.   Teclado e design

O notebook gamer é pesado e tem hardware poderoso, o que pode dificultar seu transporte. Desta forma, verificar as dimensões da máquina é fundamental. Um computador de jogos ainda precisa de portas USB para fones de ouvido, mouse, teclado e outros periféricos. Por fim, a iluminação RGB faz toda a diferença.

7.   Bateria

Processador potente requer bastante bateria e dificilmente uma performance energética interessante será encontrada em máquinas de boas configurações. Logo, busque equipamentos com baterias de, pelo menos, três horas de uso contínuo.

8.   Dimensões

Como as configurações do notebook gamer são mais complexas e densas, a máquina é pesada, o que compromete a praticidade no transporte. Ainda assim, dá para avaliar o tamanho e peso das opções de mercado.

Quanto custa um notebook gamer?

O preço médio de um bom notebook gamer varia de R$ 3.650 a R$ 12.600. Antes de comprar, é bom ler avaliações sobre os produtos à venda, buscando as melhores referências e atualizações.

Leia também: 6 celulares para quem ama jogar online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *