Como uma mentoria de carreiras pode te ajudar a se recolocar no mercado de trabalho mais rapidamente

Se recolocar no mercado de trabalho não é uma tarefa fácil, ainda mais aqueles profissionais que passaram anos trabalhando para alguma corporação e de repente, se deparam procurando novas oportunidades. 

Nesses casos, as pessoas não sabem como o mercado está, quais as possibilidades, como se portar em novos processos seletivos, entre outras questões. 

Da mesma maneira, os profissionais que foram demitidos ou pediram demissão em momentos de crise econômica, social ou sanitária. Mais do que se reacostumar na busca por trabalho, os brasileiros se deparam com um mercado muito concorrido. 

Atualmente no Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística), a taxa de desemprego no país é de 14,4%.  Ou seja, são mais de 14 milhões de brasileiros sem emprego no país.

Inclusive, a busca pelo termo recolocação profissional no Google cresceu mais de 170% nos últimos meses. São milhares de pessoas em busca de novas oportunidades, mudança de carreira ou pretendem se recolocar em novos empregos. 

Como se destacar entre tantos concorrentes? Como se preparar para um mercado totalmente novo? Qual o melhor caminho a seguir? Essas são questões recorrentes que grande maioria dos profissionais desempregados fazem. 

Uma das soluções mais indicadas, que responde todas essas dúvidas, se chama mentoria de carreiras. Se ainda não a conhece, vamos explicar tudo que precisa saber sobre o tema a seguir. 

Conte com ajuda profissional e alcance novas oportunidades, atinja seus objetivos o mais rápido possível! Acompanhe.

O que é mentoria de carreiras? 

A mentoria de carreiras surge como uma solução para tantos brasileiros. É um serviço pouco conhecido no Brasil, mas muito útil para os profissionais que desejam tomar decisões assertivas sobre a carreira e conseguir se recolocar com maior vantagem competitiva.

Esse serviço permite que a pessoa melhore seu conhecimento sobre si mesmo, suas habilidades, tarefas e aspectos onde tem maior dificuldade. Além de contribuir para identificar qual é o caminho mais indicado e eficiente para encontrar novas oportunidades. Mais do que orientações e conselhos, a mentoria guia as pessoas rumo ao sucesso. 

Mas, afinal, como esse serviço é feito? Mentoria é a influência, orientação ou direção dada por um mentor – que nada mais é do que uma pessoa que entenda e seja experiente em determinado assunto.

No primeiro momento, o mentor entenderá quais os objetivos e  necessidades  de cada profissional. Muitas vezes, a pessoa quer mudar de carreira ou empreender, por exemplo.

O processo inicia-se com uma conversa sincera sobre quais as intenções e desejos, para então discutir qual o próximo passo da pessoa. O mentor também ajudará a entender as dificuldades daquela escolha e se são pertinentes ou não para o momento da pessoa.   

Com o objetivo definido, a mentoria se torna ainda mais fundamental. O mentorado será guiado até sua meta. Isso é: o mentor definirá, em conjunto com o profissional, tudo que precisa ser feito para conseguir determinada oportunidade. 

Exemplo: a pessoa deseja se recolocar no mercado em outra área de atuação. O que ela precisará? Cursos, especializações, demonstrar experiência no tema, talvez aprender um novo idioma ou desenvolver uma característica comportamental na qual tem dificuldade (como uma habilidade de comunicação ou de análise por exemplo), formular um currículo adequado para aquela função, entre outras medidas. 

Todo o processo será acompanhado de perto pelo mentor, que ajudará a pessoa a lidar com os obstáculos, dúvidas e outras dificuldades ao longo do processo. 

Mentoria de carreiras e coaching

Muitas pessoas confundem os termos. Mas, mentoria de carreiras e coaching não são o mesmo serviço. O objetivo é o mesmo: auxiliar as pessoas a alcançarem seus objetivos o mais rápido possível. 

Entretanto, a forma de atuação é diferente. Diferentemente do coaching, a mentoria acompanha cada passo do profissional, um apoio completo em todas as questões da sua recolocação profissional.

É um trabalho em conjunto, com profissionais que conhecem o mercado, análise comportamental, entre outros pontos. Na mentoria, o profissional indica quais os pontos positivos e os que precisam ser melhorados para que a pessoa atinja sua meta.

O coach de carreira  atua de maneira diferente, já que ele não determina um caminho a ser seguido. O coach apenas faz perguntas específicas para que o profissional encontre as respostas.

Muitas vezes o mentorado já tem as respostas, mas elas ficam esquecidas e precisam da técnica para despertá-las. São dois caminhos diferentes, com o mesmo objetivo.

A escolha de qual serviço escolher dependerá das necessidades e preferências de cada profissional. Mas, o ideal é entender a diferença entre ambas as opções. 

Como fazer mentoria de carreira?

Profissionais que gerenciam carreiras nunca foram tão valorizados e requisitados. O mercado muda de maneira tão intensa e rápida que muitas vezes, é difícil acompanhar. Então, os mentores se fazem necessários para o pleno desenvolvimento dos profissionais que buscam o autoconhecimento, a recolocação e melhores posições nas suas áreas.

É possível encontrar mentores que atuam por conta própria ou contratar empresas especializadas em RH, gestão de pessoas e recolocação profissional que ofereçam esses serviços.

As duas alternativas são ótimas opções e apresentam bons resultados. Atualmente, há mentorias online e presenciais, pelos mais diversos valores. Nossa dica é: antes de fechar qualquer contratação, pesquise as referências, as possíveis indicações do profissional e peça informações sobre o método de trabalho, para verificar se você se identifica. Assim, entenderá se são bons mentores e se realmente é o profissional que vai te ajudar a alcançar seus objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *