Como softwares e a internet têm ajudado na crise do Coronavírus

A presença de softwares modificaram vários comportamentos atuais, transformando os modelos de consumo, compartilhamento e criação de conteúdo. 

Em conjunto com o avanço da tecnologia, é possível democratizar o acesso à informação, além de ajudar na superação de vários problemas sociais.

Com a recente crise do novo coronavírus, o Covid-19, em um momento conturbado de saúde pública mundial, a tecnologia tem se mostrado uma importante ferramenta para auxiliar nas atividades durante o período de enfrentamento, criando soluções eficazes para empresa, instituições e organizações continuarem suas atividades.

A recomendação de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS), fez com que muitas empresas adotassem o home office, para diminuir o contágio pelo Covid-19. 

Como consequência, percebe-se o uso de softwares de gestão, além de um significativo aumento de tráfego na rede.

Assim, inúmeras soluções comuns do mercado, como a própria internet, ganham novos contornos frente à pandemia, sendo uma alternativa bastante eficiente para aumentar o isolamento social e contribuir para o controle da doença.

Nesse sentido, milhares de hospitais, empresas e famílias têm se reinventado e mudado o seu comportamento para se adaptar ao “novo normal”, que muito se relaciona com o uso das tecnologias.

O artigo de hoje vai tratar justamente de como softwares e a internet têm ajudado na crise do coronavírus, sendo um caminho para a transformação digital na economia mundial.

4 tecnologias que têm ajudado as organizações em tempos de coronavírus

O acesso remoto aos sistemas de comunicação virtual, bem como o uso de aplicativos, softwares de videoconferência e streaming, são algumas tecnologias que contribuíram com a continuidade das empresas em meio à crise do Covid-19 e do desenvolvimento de projetos na área da educação.

Até mesmo serviços que demandam presença física majoritária, como o micro revestimento asfáltico, se reinventaram diante da pandemia, propondo novas formas de trabalho.

Abaixo, confira algumas tecnologias e softwares online que contribuíram com a manutenção de atividades durante a pandemia do novo coronavírus.

1 – Documentos compartilhados

Os documentos compartilhados em nuvem, através da internet, permitem a edição simultânea com outras pessoas, a partir de um link ou aplicativo. 

Dessa forma, qualquer membro da equipe pode ajudar na produção e edição do conteúdo, basta ter acesso à conexão com a internet.

Essa tecnologia tem sido amplamente utilizada pelas empresas, por estudantes que precisam entregar trabalhos em grupo, entre outras tarefas que precisam ser produzidas por mais de uma pessoa.

2 – Lives em redes sociais

A área de produção de eventos foi particularmente afetada pela crise do Covid-19. Afinal de contas, houve o cancelamento de shows, espetáculos, além do fechamento temporário de bares e restaurantes.

Diante disso, uma alternativa para os produtores e artistas foi o uso das redes sociais para a realização de transmissões ao vivo, que podem ser vistas por meio de computadores e dispositivos móveis com conexão à internet.

As lives em redes sociais têm feito muito sucesso, principalmente pelo grande alcance de público. Assim, é possível transmitir por várias mídias, por exemplo:

  • Lives pelo Facebook;
  • Lives pelo Instagram;
  • Lives pelo YouTube;
  • Lives privadas por videoconferência.

Inclusive, alguns artistas pedem doações durante as lives, como uma solução para a crise econômica que acompanha a pandemia do coronavírus.

3 – VPNs

As VPNs (Redes Privadas Virtuais, ou em inglês, Virtual Private Network) atuam como uma espécie de firewall, em que é possível proteger dados contra ataques externos ou vazamento de informações para a rede global de computadores.

Dessa forma, uma empresa de plotagem a0 pode proteger os dados de seus clientes e serviços, mesmo com a realização de atividades a distância.

Com os VPNs, é possível até mesmo conectar-se às redes públicas de forma segura, transmitindo informações protegidas, graças à criptografia do software, que impede a interceptação por criminosos.

4 – Chatbots

Com grande parte do atendimento feito online, as empresas tiveram que lidar com uma grande demanda de pedidos pela internet, além de clientes interessados entrando em contato pelas mídias sociais.

Nesse sentido, os chatbots podem ajudar os empreendimentos, fornecendo informações rápidas, precisas e objetivas. 

Por exemplo, uma empresa de manutenção de empilhadeira pode programar um robô virtual para atendimento aos clientes, até mesmo fora dos horários comerciais.

Conclusão

A crise do novo coronavírus ressignificou as formas de relacionamento contemporâneo, além de intensificar o uso de softwares e da internet para a continuidade das tarefas, devido às recomendações de afastamento e isolamento social.

Contudo, essa nova realidade pode impactar o futuro do mundo, principalmente pela reorganização dos trabalhos. 

O pós-coronavírus ainda é incerto, porém, já admite-se o uso cada vez maior das tecnologias de informação e comunicação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Referências

https://www.techtudo.com.br/noticias/2020/03/coronavirus-conheca-oito-tecnologias-que-ajudam-no-combate-a-covid-19.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *