Canudo ecológico: saiba quais são as diferenças

Atualmente, o mundo todo está tomando ciência da necessidade de se reinventar e estabelecer uma sociedade menos agressiva ao meio ambiente. É preciso diminuir a poluição da atmosfera, da fauna e dos oceanos. Com isso, nos últimos anos, várias iniciativas surgiram com o intuito de alcançar esse objetivo.

Uma delas foi o canudo reutilizável, que chega para tomar o lugar dos conhecidos modelos de plástico. No entanto, esses produtos ecológicos têm vários tipos diferentes. Você sabe quais são as diferenças entre eles? Neste texto, aprenda mais sobre isso e entenda a importância desse item para ajudar o meio ambiente.

Surgimento dos canudos reutilizáveis

A origem dos novos tipos de canudo tem uma motivação importante: a diminuição do consumo de plástico. Esse material pode demorar até 400 anos para se decompor, o que representa um grave problema para a natureza e os ecossistemas, com a vida animal sendo prejudicada.

Um levantamento de 2019 do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) calculou que, anualmente, cerca de 10 milhões de toneladas de plástico terminam nos oceanos. Isso equivale a 23 mil Boeings 747 que acabam nos mares todos os anos, o que daria uma média de 60 aviões por dia.

A mesma pesquisa apontou que o Brasil é o quarto maior produtor de lixo plástico no planeta, gerando mais de 11 milhões de toneladas por ano. Em outras palavras, cada brasileiro produz cerca de 1 kg de lixo plástico por semana.

A questão é agravada pelo fato de pouco desse montante ser reciclado. Somente 145 mil toneladas foram recicladas no país no último ano, o mesmo que 1,28% do total gerado. Por isso, é importante procurar alternativas que, ao menos, colaborem para a diminuição do lixo plástico gerado.

Canudo ecológico

Uma vez que os canudos descartáveis representam cerca de 4% de todo lixo plástico produzido no planeta, a necessidade de mudar esse cenário está cada vez mais evidente. 

Os canudos ecológicos aparecem neste contexto, apresentando a mesma função que o produto de plástico, mas gerando menos impactos ao meio ambiente. Existem diversas opções atualmente. Abaixo, conheça um pouco mais sobre as principais.

Canudo de metal

Esta é uma opção que pode ser levada a qualquer lugar. Normalmente, canudos desse tipo são feitos de aço cirúrgico, alumínio ou inox. Eles podem ser adquiridos em conjunto e acompanham limpadores internos, além de um saquinho para transporte.

O canudo de metal tem vantagem sobre o de plástico por ser reutilizável, portátil e não tóxico. Existem vários tamanhos e formatos, inclusive com ponta curva, tornando o uso ainda mais cômodo.

Canudo de bambu

Outra opção ecológica é o canudo de bambu. Ele também é lavável e bastante leve, além de ser feito de uma fonte renovável e natural. Dessa forma, ele é utilizado mais vezes que os modelos de plástico e gera muito menos impactos para o meio ambiente.

Canudo de papel

Os canudos de papel também são uma alternativa mais vantajosa para a natureza se comparado aos modelos de plástico. Eles são facilmente reciclados e se biodegradam em menos tempo no meio ambiente.

Entretanto, o uso não pode ser livre de cuidados. A produção envolve recursos naturais, enquanto a reciclagem demanda energia. Caso eles não passem pelo processo de reciclagem, também podem poluir a natureza, de forma que a utilização deve ser consciente.

Canudo de palha

Modelos desse tipo também são ecológicos e biodegradáveis. Eles são inspirados nos antigos produtos de centeio, sendo leves, além de serem uma escolha saudável para o corpo, caso sejam feitos de palha orgânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *