2 de janeiro de 2019

Mourão diz que general venezuelano deveria ter matado Hugo Chávez

“Se tivesse matado o Chávez ali, teriam resolvido o problema. Depois eles iriam se matar entre eles, mas aquilo arrumaria o país”, afirmou o vice de Bolsonaro, em declaração à revista Piauí.

Resultado de imagem para general mourão
O general Hamilton Mourão, vice-presidente de Jair Bolsonaro, afirmou que o ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deveria ter sido assassinado. Em declaração à revista Piauí, ele revelou que, em 2002, durante o golpe que tentou afastar Chávez do comando do país, o general Néstor González González, um dos encarregados de vigiar o presidente deposto, perdeu a chance de ter mudado o curso da história.

“Se tivesse matado o Chávez ali, teriam resolvido o problema. Depois eles iriam se matar entre eles, mas aquilo arrumaria o país”, afirmou Mourão, que, à época, era adido militar da embaixada brasileira na Venezuela.