29 de junho de 2018

Moro afirma não é “mero caixa dois” sobre o caso de Beto Richa

O juiz federal Sérgio Moro afirmou em decisão nesta segunda (25) que a investigação contra o ex-governador do Paraná pelo PSDB, Beto Richa, não é “mero caixa dois”.

Imagem relacionada

O Superior Tribunal de Justiça, STF, requisitou o inquérito, e sendo assim parte do processo contra Richa saiu das mãos de Moro.

A investigação aponta que Richa e seus aliados receberam R$ 4 milhões da Odebrecht com o intuito de favorecer a empreiteira em contratos licitatórios, em especial a duplicação da PR 323, no ano de 2014.

O Juiz continuou

“Não se trata de ‘mero caixa dois’ de campanha, mas sim, de pelo menos em cognição sumária, pagamento de vantagens financeiras por solicitação de agente público, no caso, o ex-chefe de Gabinete do então governador, em troca da prática ou da omissão de ato de ofício.”