14 de maio de 2018

A portas fechadas, PT se cala diante de carta de Lula e sinal de Toffoli

Cármen Lúcia se tornou a grande inimiga dos petistas ao se manter firme e não colocar na pauta do Supremo essa possível alteração na jurisprudência da Corte. 

Resultado de imagem para Lula abalado

E para causar mais preocupação aos petistas, um outro sinal é dado e vem de uma pessoa que sempre foi vista como um defensor do partido no STF, o ministro Dias Toffoli.

Interlocutores do ministro afirmaram que ele não está disposto a levar à Corte o assunto à tona sobre a prisão em segunda instância, quando ele assumir o comando do STF, no mês de setembro deste ano. 

Conforme as informações, ele esperaria passar o momento das eleições para depois pensar em alguma coisa sobre esse assunto. Dessa forma, Lula perderia todas as chances de concorrer na disputa eleitoral.