22 de abril de 2018

Senadores driblaram ordem judicial para visitar Lula na prisão

Senadores que estiveram em Curitiba na terça-feira (17) fizeram uma manobra com objetivo de driblar ordem da Justiça Federal do Paraná e, por consequência, conseguir visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão.

Senadores driblaram ordem judicial para visitar Lula na prisão: Parlamentares que viajaram para Curitiba se tornaram membros da Comissão de Direitos Humanos para poder entrar na penitenciária

Após a Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado aprovar a realização de diligência na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso, um grupo de parlamentares viajou para fazer a visita. Parte deles não compunha a comissão.

Já em solo curitibano, os parlamentares foram surpreendidos com um despacho da juíza Carolina Moura Lebbos, que determinou a permissão da visita apenas aos membros do colegiado.

"Tendo em vista o teor do requerimento [de diligência] e a finalidade do ato, por consequência lógica dele somente poderão participar membros integrantes de referida comissão", ordenou a juíza.