18 de abril de 2018

Segundo 61% da população, os militares tem direito de opinar sobre política

Segundo pesquisa Datafolha, 61% dos entrevistados defendem que militares possam comentar a situação política do país. Contra essas manifestações estão 33% dos brasileiros, enquanto 6% não souberam opinar.

Resultado de imagem para militares e sergio moro

Esse debate voltou à tona após o comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas, afirmar em rede social no dia 3, véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no STF, que repudia a impunidade.

LEIA MAIS A POSTOS, Militares tornam a dizer que estarão “prontos” caso o caos se estabeleça

“Asseguro à nação que o Exército brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”, escreveu.

A declaração foi interpretada por muitos como tentativa de interferência no STF.

Em setembro de 2017, declarações de outro militar também despertaram polêmica.