23 de abril de 2018

Carmen Lúcia promete uma limpeza no cenário político brasileiro

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que o crime não vencerá a Justiça, se referindo às tentativas dos investigados de embaraçar as investigações da Operação Lava Jato e tentar interferir nas decisões do STF.

Imagem relacionada

O ministro mais antigo na Corte, Celso de Mello, declarou que ninguém está acima da lei. Segundo Mello, as leis também serão aplicadas no caso de qualquer autoridade que tenha cometido crimes. 

Quem transgride tais mandamentos, não importando sua posição estamental, se patrícios ou plebeus, governantes ou governados, expõem-se à severidade das leis penais e, por tais atos, devem ser punidos exemplarmente na forma da lei. ”