7 de março de 2018

Moro pode surpreender Lula com ‘amigo íntimo’ de cela

Após o fracasso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Superior Tribunal de Justiça (STJ), é questão de tempo para chegar até o juiz Sérgio Moro a liberação para a execução provisória da pena do petista.




A prisão de Lula é quase certa, já que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, já informou que não vai pautar o habeas corpus de Lula na Corte e nem um possível novo entendimento sobre a prisão após condenação em segunda instância.

No Paraná, o diretor do Departamento Penitenciário do Estado (Depen), Luís Alberto Cartaxo Moura, comentou que existe uma preparação caso Lula seja levado à Curitiba.


Já foram cogitados vários locais para o ex-presidente ficar.

Vale lembrar que Moro pode determinar que o petista fique em São Paulo próximo de sua família.

Caso seja levado à Curitiba, um dos locais mais prováveis de sua prisão é no Complexo Médico Penal de Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Lá estão vários presos da Lava jato, como: o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e o ex-deputado federal André Vargas.