7 de março de 2018

Deltan Dallagnol sugere mandado de busca coletivo no Congresso

O procurador da República Deltan Dallagnol foi o motivo da fúria de inúmeros deputados federais em sessão realizada esta semana na Câmara dos Deputados.



Questionado sobre a questão dos mandados coletivos de busca e apreensão nas favelas do Rio de Janeiro durante a Intervenção Federal, o coordenador da força tarefa da Operação Lava Jato se manifestou da seguinte forma:

“Se cabem buscas e apreensões gerais nas favelas do Rio, cabem também nos gabinetes do Congresso”.
Na sessão da Câmara Federal coube ao presidente em exercício deputado Fábio Ramalho (PMDB) expressar a revolta da casa com a ‘ousadia’ de Dallagnol.

Os deputados argumentam que ‘não querem ser tratados como bandidos’.

uma coisa é certa: Se tal medida fosse realmente levada a efeito, o estrago seria monumental e poucos parlamentares se salvariam para contar a história.