15 de fevereiro de 2018

Candidatos terão mais de R$ 3 bilhões para financiar campanhas em 2018

Profissão POLÍTICO: A Única que os Postulantes São FINANCIADOS com Recursos Públicos, PIOR, Roubados da Saúde, Educação, Segurança, Infraestrutura, etc. .— Os candidatos nas eleições deste ano terão direito a dois fundos públicos para financiar suas campanhas, Fundos: ELEITORAL e PARTIDÁRIO têm juntos mais de R$ 2,5 BILHÕES




Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deixa claro que é permitido o uso de recursos tanto do fundo eleitoral, orçado em R$ 1,7 bilhão em 2018, quanto do fundo partidário, que totaliza R$ 888 milhões. Isso é importante tendo em vista a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, em 2015, proibiu as doações de empresas, e o baixo volume das doações feitas por pessoas físicas. Segundo o tribunal, a resolução apenas segue o que já tinha sido decidido pelos parlamentares que, no ano passado, ampliaram as fontes de financiamento das campanhas.


No caso do fundo partidário, parte do dinheiro já está carimbada para outras despesas, como os 20% que devem ser investidos nas fundações partidárias. A maior parte, porém, estará liberada.