21 de janeiro de 2018

Sérgio Moro ‘enfrenta’ Gilmar Mendes e mostra ‘quem manda’

Juiz determinou transferência de Sérgio Cabral e contrariou decisões anteriores do STF. 



Conforme decisão divulgada hoje (18/01), o juiz federal Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba – PR, determinou a transferência do ex-governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para o estado do Paraná, para que fique preso com outros ‘condenados’ da Lava Jato, no estado do Paraná.


Decisões ‘contraditórias’
Embora a decisão do juiz federal Sérgio Moro esteja baseada em ‘novos pedidos’, desta vez feitos também pelo Ministério Público Federal (do Paraná), importante observar que pedidos semelhantes já haviam sido feitos ao juiz federal Marcelo Bretas, que julga os cados da Lava Jato (assim denominados) no Rio de Janeiro – RJ, sendo que o ministro do STF Gilmar Mendes, concedeu habeas corpus a Sérgio Cabral, proibindo a transferência para um Presídio federal.