13 de janeiro de 2018

Carta de brasileiro indignado cala Cármen Lúcia com forte declaração

Uma carta está repercutindo nas redes sociais e mostra o desabafo de um brasileiro contra a ministra. A ministra e presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, esteve realizando algumas visitas em presídios nesta semana. 



Ela chegou a conversar com um detento num presídio do Paraná e afirmou que os juízes estão agilizando os processos para que os direitos de todos os presos sejam respeitados.

Após a visita nesse presídio, ela se dirigiu ao Tribunal de Justiça do Paraná e assinou um termo de adesão onde serão encontradas todas as informações dos detentos presos do estado. Dessa forma, será feito um monitoramento mais consistente sobre a situação carcerária no país. A ministra sempre se mostrou preocupada com esse fato e quer melhorar as condições para os condenados, buscando respeitar os seus direitos.

Uma pessoa identificada apenas como “brasileiro indignado”, escreveu nas redes sociais uma carta de repulsa pelas atitudes da ministra. Os pontos principais do questionamento dessa pessoa são por que a presidente da Corte nunca tinha tempo para visitar um hospital, um quartel ou universidades.