6 de novembro de 2017

PERDÃO a sonegadores gera rombo de R$ 4 bilhões na economia

O aceno do governo para o empresariado com condições mais favoráveis no Refis, programa de refinanciamento de dívidas com o fisco, obrigou a equipe econômica a buscar R$ 4 bilhões em receitas adicionais para cobrir um buraco no Orçamento do próximo ano, informa a Folha.



“Pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), essa renúncia fiscal com concessões extras feitas pelo governo no refinanciamento precisa ser compensada e, de acordo com os técnicos que acompanharam as discussões, ainda não está claro na programação orçamentária de 2018 se a exigência legal será cumprida.

Isso pode invalidar o Refis e colocar em xeque as contas do presidente Michel Temer.”