14 de novembro de 2017

Novo chefe da PF no Paraná tem total confiança de Moro

Agentes e delegados da Polícia Federal que atuam na Lava Jato no Paraná acreditam que a troca de comando na superintendência no estado não vai afetar o rumo da operação. 



A mudança é uma das primeiras ações do novo diretor-geral da instituição, Fernando Segóvia, confirmado no cargo no último dia 8. Segóvia fará a substituição do atual superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Ferreira Franco, pelo delegado Maurício Leite Valeixo, que já ocupou o mesmo posto entre 2009 e 2011.

Fontes ouvidas pela reportagem confirmam que a troca será bem recebida em todos os escalões. Interlocutores também apontam que o juiz Sérgio Moro vê com confiança a volta de Valeixo ao estado, já que o delegado já tinha atuando em ações relacionadas ao crime organizado e lavagem de dinheiro no Paraná. 

O delegado deixa a diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), na qual atuou por pouco mais de dois anos, e volta ao Paraná com o desafio de comandar a equipe que finalizará uma dezena de inquéritos, entre eles os que ainda investigam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.