29 de outubro de 2017

'Por quê querem me condenar?', diz Lula

Com informações da Folha de São Paulo, a coluna “Opinião”, texto de autoria do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, onde o petista além de colocar em dúvida os atos procedimentais dos investigadores da Operação Lava Jato, mais uma vez refere-se de maneira dura e incisiva aos procuradores, Polícia Federal e demais agentes do Estado que segundo ele” usam a lei como instrumento de perseguição política”.



“Em mais de 40 anos de atuação pública, minha vida pessoal foi permanentemente vasculhada -pelos órgãos de segurança, pelos adversários políticos, pela imprensa. Por lutar pela liberdade de organização dos trabalhadores, cheguei a ser preso, condenado como subversivo pela infame Lei de Segurança Nacional da ditadura. Mas jamais encontraram um ato desonesto de minha parte”.

“Às vésperas de completar 71 anos, vejo meu nome no centro de uma verdadeira caçada judicial. Devassaram minhas contas pessoais, as de minha esposa e de meus filhos; grampearam meus telefonemas e divulgaram o conteúdo; invadiram minha casa e conduziram-me à força para depor, sem motivo razoável e sem base legal. Estão à procura de um crime, para me acusar, mas não encontraram e nem vão encontrar”.