23 de outubro de 2017

Eterno pilantra: Palocci diz que Lula roubava o próprio Instituto

Com informações do jornalista Cesar Weis, O ex-ministro Antonio Palocci relata na proposta de delação que negocia com a força-tarefa da Lava-Jato que o ex-presidente Lula usava o dinheiro que era doado ao Instituto Lula para bancar suas despesas pessoais e de seus familiares. 



Palocci afirma que o Instituto Lula mantinha uma contabilidade paralela para acobertar o desvio das doações.

Segundo o ex-ministro, quem administrava esse caixa clandestino era o petista Paulo Okamotto, o presidente formal do instituto. Okamotto sempre negou qualquer irregularidade no comando da instituição.