29 de outubro de 2017

Defesa de Lula tenta ‘incriminar’ Sérgio Moro e Tribunal dá resposta contundente

Defesa do ex-presidente Lula tentou colocar suspeição sobre os trabalhos do juiz Sérgio Moro e teve resposta enfática do Superior Tribunal de Justiça



A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta, de várias formas, já há bastante tempo, em colocar sob suspeição o trabalho desenvolvido pelo juiz federal Sérgio Moro em se tratando de um dos processos julgados pelo magistrado relacionado ao ex-presidente da República. 

Vale ressaltar que o juiz Sérgio Moro é o titular da 13ª Vara Criminal de Curitiba, no estado do Paraná, e é o responsável pelo julgamento em primeira instância das ações propostas através dos trabalhos de investigação da força-tarefa da Operação Lava Jato.

A 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, de modo contundente e por unanimidade, mais um recurso impetrado pela defesa do ex-presidente Lula. O intuito dos defensores do ex-mandatário é que fosse decretada uma espécie de suspeição ao juiz federal Sérgio Moro no processo que envolve a propriedade do apartamento de luxo tríplex do Guarujá, que é atribuído a Lula.