20 de setembro de 2017

Governo Dilma deixou milhares de funcionários fantasmas, diz Geddel

O novo ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima concedeu uma entrevista ao blog do Josias de Souza e ganhou as principais manchetes do país. De acordo com o ministro, o governo Dilma deixou um rombo de aproximadamente 200 bilhões de reais.



Além desse desfalque bilionário, Geddel disse que mil cargos [num único órgão] foram distribuídos para aparelhar a militância petista.

E esse é só o começo da investigação. Imagine o que virá por aí!

Abaixo, um trecho da entrevista:

“Segundo Geddel, o governo realiza um inventário do legado de Dilma. Afora o déficit vitaminado, ele mencionou algumas irregularidades já detectadas. Disse, por exemplo, que o PT explorava politicamente a distribuição de chaves do programa Minha Casa, Minha Vida, sob a responsabilidade do Ministério das Cidades. Mencionou também a existência de funcionários fantasmas na Secretaria de Governo, que era comandada pelo petista Ricardo Berzoini antes da sua chegada.

‘O PT estava aqui, na Secretaria, utilizando-se de cerca de mil cargos para aparelhar a sua militância política‘ disse Geddel