5 de setembro de 2017

Eike Batista vai entregar Dilma Rousseff para a Polícia Federal e terá sua pena reduzida

O empresário Eike Batista já tinha se antecipado por espontânea vontade e se ofereceu aos procuradores da força-tarefa na cidade de Curitiba a da alguns detalhes sórdidos sobre a relação que teria com Dilma, do Partido dos Trabalhadores.



Segundo informações do site Imprensa VivaEike Batista não apenas confirmou o achaque, como comprovou que fez uma transferência de U$ 2.350 milhões para o marqueteiro de Dilma, João Santana, em contas no exterior. 

Na oportunidade em que foi falar com o pessoal da Lava Jato, Eike chamou a atenção para as falcatruas em andamento no BNDES durante a gestão de Dilma.