28 de setembro de 2017

Ditadura comunista da Venezuela dá calote de R$ 15 bilhões no Brasil

O calote de 262 milhões de dólares foi comunicado ao Banco Central em 8 de setembro, mas pode chegar a 5 bilhões de dólares.


https://3.bp.blogspot.com/-jy9Rtx1zM78/WZRoBB5Y_LI/AAAAAAAAe3Q/UEQyMP8YxMUhFQ2fE14SFHy-OsrorRypACLcBGAs/s1600/0000lula.jpg
 

Diz a reportagem da Folha de S. Paulo:
 

“A Venezuela deve cerca de US$ 5 bilhões a fornecedores brasileiros, e a maior parte dessa dívida é de obras feitas pelas construtoras Odebrecht, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, todas com financiamento do BNDES.

Brasil e Venezuela foram parceiros comerciais e políticos durante as administrações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Hugo Chávez.

O BNDES financiou um total de US$ 3,3 bilhões em obras de infraestrutura no país, em contratos de exportação de serviços firmados também na gestão Dilma Rousseff.

Entre os empreendimentos financiados, estão o metrô de Caracas e de Los Teques, obras de saneamento e até uma usina siderúrgica.”