1 de junho de 2017

Fui escalado por Dilma e Lula para barrar a Lava Jato, diz senador

Com informações da Globo News, Vendo que sua delação está lhe dando uma certa redenção ao entregar os ladrões maiores, Delcídio do Amaral (PT), que fora preso anteriormente e que ainda se mantém no cargo de Senador, resolveu partir para o ataque e falar tudo o que sabe, sem dó, nem piedade dos antigos 'companheiros'.



Mais cedo, trechos da delação publicado na imprensa em todo o Brasil, mostram Delcídio destruindo o crime organizado que se apelidava de governo, em uma série de revelações cabulosas e que confirmam o que todos já sabem: quem são os grandes chefões do crime organizado que se apossou do governo através das urnas fraudadas.

PALAVRAS DE DELCÍDIO:

 "Cadê o governo que se dizia republicano, que nada interferiria nas investigações? A gravação do Aloizio (Mercadante) confirma o que eles sempre negaram.

Na minha delação fica claro que fui escalado, como líder do governo, pela Dilma e pelo Lula para barrar a Lava Jato".

E também: "O Edinho (Silva) não sairá vivo deste processo. Ele arrecadava recursos ameaçando, na linha do 'ou está com a gente ou está contra'".