8 de fevereiro de 2017

Guerra civil no Espirito Santo é declarada!

Os poucos cidadãos de bem que ainda possuem armas, resolveram sair às ruas para combater criminosos.

Publicações no Twitter mostram, inclusive, ônibus sendo incendiados pelas ruas do Espírito Santo 

Neste momento, as ruas do Estado vivem uma guerra civil. Nós avisamos que ela chegaria.




Estado vive cenas de guerra nos últimos quatro dias com mortes, assaltos e arrastões acontecendo na capital e em cidades do interior; a Força Nacional e o Exército atuam nas ruas, mas violência ainda assusta população.

O Espírito Santo está em guerra civil literalmente. Populares e bandidos travam confronto armado nas ruas de Vitória e Vila Velha. Em Guarapari, no litoral capixaba, uma multidão de bandidos promove arrastões e quebradeiras no comércio.

Dezessete municípios do Espírito Santo decretaram calamidade financeira. Sem recursos, os principais serviços estão abandonados.

O governador Paulo Hartung está internado em São Paulo. Quem assumiu a cadeira é o vice- governador Colnago. Em desespero ele pediu que o Exército assumisse a segurança do Espírito Santo.