5 de janeiro de 2017

Nenhum brasileiro acredita mais nas instituições, diz ministra Cármen Lúcia

Senhora ministra do STF, a população não acredita mais nas instituições, sejam elas do judiciário, executivo, legislativo e Ministério Público.



E quando me refiro ao Ministério Público estou falando do Ministério Público Estadual. O Ministério Público é responsável, perante o Poder Judiciário, pela defesa da ordem jurídica e dos interesses da sociedade e pela fiel observância da Constituição (das leis). (art. 127, CF/88). Alguns MP estaduais, hoje, são meras secretarias de estado do governo de plantão.

Imagine, está tudo dito, o cargo de Procurador-Geral passa pelas mãos do Chefe do Executivo estadual, assim como o cargo de Ministro do STF passa pelas mãos do Presidente da República. Desta maneira, tanto a nível estadual como nacional as nomeações são feitas a dedo, não há um concurso para determinar quem está qualificado e quem não.

Se fosse por mérito, outros promotores teriam que ter sido contemplados, até pela antiguidade.
A partir deste conceito de seleção podemos arguir que está tudo errado, essa nomeação criou uma dependência com quem o indicou. Portanto ministra, vendo esses exemplos no dia a dia, a população já não acredita no MPE nem na justiça.

O povo cansou Ministra de ser testemunha de abusos, arbitrariedades, ilegalidades, cometidas por estes agentes públicos, sem que ninguém possa reclamar.