5 de janeiro de 2017

Lula montou a maior rede de tráfico de influência do mundo

Os documentos levantados pelo Departamento de Justiça americana demonstram fortes movimentações financeiras no exterior envolvendo o alto escalão da política brasileira e os executivos da Odebrecht.



A Folha recebeu a planilha “Amigo” onde sinaliza que a Odebrecht negociou e pagou bem caro pelo tráfico de influência de Lula quando ainda era presidente.

Os pagamentos eram feitos pelo departamento de propinas da empreiteira para que Lula e seus aliados, especificados por diversos codinomes sobre a alcunha de “Brazilian Official”, abrissem caminho para grandes obras públicas no Brasil e no exterior.

Lula é atualmente o ex-operário mais rico do mundo que utilizou a política para articular a maior rede de tráfico de influência do mundo custeada com dinheiro público.