18 de dezembro de 2016

Silas Malafaia é alvo da Polícia Federal por lavagem de dinheiro

A ‘Operação Timóteo’ vem acontecendo desde 2015 e tem esse nome devido a um dos livros da Bíblia.

Na manhã desta sexta-feira (16), a Polícia Federal deflagrou uma operação que investiga uma organização criminosa envolvida em cobranças judiciais de royalties. 



Entre os suspeitos encontra-se o pastor Silas Malafaia. Ele é investigado por lavagem de dinheiro e pode ter recebido dinheiro do escritório apontado como o responsável pelo esquema. Malafaia teria ajudado emprestando as contas de sua instituição e assim foi possível fazer a lavagem de dinheiro.

Estão sendo realizadas mais de 50 buscas e apreensões em diversos locais onde a organização atuava. São mais de 11 estados envolvidos e também o Distrito Federal. Ricardo Augusto Soares Leite é o juiz responsável. Quase 30 conduções coercitivas estão sendo realizadas, mais 4 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão temporária.