Presença de Lula e demais investigados na Lava Jato em posse da presidente do STF é um escárnio

Na mira da operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chegou na tarde desta segunda-feira, 12, para acompanhar a posse da nova presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. Lula chegou à entrada principal do STF às 15h10, sem falar com a imprensa.



Além de Lula, também acompanham a solenidade o ex-presidente José Sarney, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na sexta-feira passada, a defesa do ex-presidente Lula entrou com um novo recurso no STF contra decisão do ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Lava Jato na Corte.

Teori rejeitou a alegação da defesa de Lula de que o juiz federal Sérgio Moro, responsável por conduzir as investigações da Lava Jato na primeira instância, estaria usurpando a competência do STF ao apurar fatos envolvendo um esquema de corrupção na Petrobras que já estão sob análise pelo Supremo. 

A defesa de Lula decidiu então impetrar um agravo regimental, que é um recurso ao plenário ou a uma turma do STF contra despacho de ministro.

Temer também acompanha a cerimônia

O presidente Michel Temer também participa da cerimônia. Ele chegou junto com a ministra Cármen Lúcia e com o ministro Ricardo Lewandowski, que deixa hoje a presidência da Corte. Também estão no evento ministros, como a nova ministra da Advocacia-, Grace Mendonça, Bruno Araújo (Cidades), José Serra (Relações Exteriores) e Marcelo Calero (Cultura). O ex-ministro da Justiça e advogado da ex-presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment, José Eduardo Cardozo, também está entre os convidados.
Presença de Lula e demais investigados na Lava Jato em posse da presidente do STF é um escárnio Presença de Lula e demais investigados na Lava Jato em posse da presidente do STF é um escárnio Reviewed by Gabriel Henrique on 12:37 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.