Delcídio negocia delação premiada, diz VEJA

O senador Delcídio do Amaral, que está há 13 dias preso, começou a negociar um acordo de delação premiada. Ontem, a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou a denúncia formal pela tentativa de obstrução de investigações relacionadas à Operação Lava-Jato.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ofereceu nesta segunda (7), ao Supremo Tribunal Federal (STF), denúncia contra o senador Delcídio Amaral (PT-MS) e o banqueiro André Esteves, ex-controlador do BTG Pactual, presos no fim do mês passado por tentar obstruir as investigações na Operação Lava Jato.



Além do senador e do banqueiro, foram denunciados o chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira Rodrigues, e o advogado Edson Ribeiro, que era responsável pela defesa do ex-executivo da Petrobras Nestor Cerveró, também preso na Operação Lava Jato.

Eles foram detidos depois que o Ministério Público Federal teve acesso a gravações de uma reunião em que o senador, seu assessor e o advogado aparecem negociando o silêncio de Cerveró em delação premiada.
Delcídio negocia delação premiada, diz VEJA Delcídio negocia delação premiada, diz VEJA Reviewed by Gabriel Henrique on 16:26 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.