Justiça Federal libera uso de medicamentos com THC para tratamentos de doenças

A Justiça Federal de Brasília liberou o uso do THC, uma substância derivada da maconha, pra uso medicinal e pesquisa científica. O THC é usado no tratamento de doenças como epilepsia, esclerose e Parkinson. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal.



Hoje o THC faz parte da lista de substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Em janeiro, a agência tinha liberado pra fins medicinais o uso de outra substância derivada da maconha, o canabidiol.

A Anvisa ainda não foi notificada. E pode recorrer contra a decisão.

A Justiça Federal do Distrito Federal determinou nesta segunda-feira (9) que a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) retire em até dez dias o Tetrahidrocannabinol (THC), substância presente na maconha, da lista de substâncias proibidas no Brasil. Pela decisão, que é provisória, está liberada a importação de remédios que contenham THC e canabidiol na fórmula. A determinação foi informada pela Procuradoria da República do DF nesta terça-feira (10).

A Anvisa informou que não foi notificada até o início da noite desta terça-feira. Segundo o órgão, já é possível importar produtos com THC e as pesquisas sobre o uso medicinal da substância já é autorizado.

O THC é extraído da maconha e tem sido usado para o tratamento de doenças como epilepsia, mal de Parkinson e esclerose múltipla.

Informações: G1
Justiça Federal libera uso de medicamentos com THC para tratamentos de doenças Justiça Federal libera uso de medicamentos com THC para tratamentos de doenças Reviewed by Gabriel Henrique on 22:47 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.