"WhatsApp de delator fala de dinheiro da Petrobras na campanha de Dilma Rousseff" diz VEJA

Troca de mensagens por celular mostra acerto de Ricardo Pessoa, da UTC, com assessor do ministro Edinho Silva, ex-tesoureiro da reeleição e investigado na Operação Lava Jato



Mensagens de Whatsapp do dono da UTC Engenharia, o delator Ricardo Pessoa, e de um executivo da empresa reforçam os indícios de que as doações feitas à campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff estavam relacionadas a pagamentos por contratos que ele detém na Petrobras, conforme análise da Polícia Federal (PF). A troca de mensagens, ocorrida no final de julho de 2014, foi anexada ao processo da Operação Lava Jato.

Em um dos trechos, um subordinado de Pessoa na UTC indica que repasses da empreiteira à campanha petista foram "resgatados" de dinheiro desviado da Petrobras. Neste mês, o Supremo Tribunal Federal determinou a abertura de um inquérito para investigar o ex-tesoureiro da campanha de Dilma, o ministro petista Edinho Silva (Secretaria de Comunicação Social). Pessoa afirma que foi chantageado, de maneira "cordial", por Edinho a doar dinheiro para a campanha de Dilma. O ministro nega.
"WhatsApp de delator fala de dinheiro da Petrobras na campanha de Dilma Rousseff" diz VEJA "WhatsApp de delator fala de dinheiro da Petrobras na campanha de Dilma Rousseff" diz VEJA Reviewed by Gabriel Henrique on 11:29 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.