29 de outubro de 2015

Propina do Petrolão paga até advogados de investigados na Lava Jato, diz site

As informações são do Portal Zero Hora. E para tentar comprovar o caso, o ministro Teori Zavascki, responsável pela Lava-Jato no STF,quebrou o sigilo de advogados e investigados.

Um deles é Michel Saliba, que atua na defesa de sete parlamentares. O outro é Fernando Neves, que trabalha para Collor. O STF atende a pedido da PGR, após denúncia feita por Alberto Youssef, um dos delatores.

O problema é que, segundo a OAB, advogados têm direito garantido à confidencialidade sobre os honorários que recebem dos clientes. Ou seja, esse abacaxi vai ser bem difícil de descascar.