"Fraude no INSS pode ultrapassar R$ 6 bilhões por ano" diz TCU

O INSS tem quase 500 mil aposentadorias com cadastro irregular, o que pode gerar prejuízos estimados em mais de R$ 6 bilhões ao ano. É o que aponta auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União), aprovada na quarta-feira (16), que checou 12,5 milhões de benefícios por tempo de serviço e idade pagos pelo instituto de previdência do país.



A estimativa do tribunal é que se gastava, no ano em que foi feita a checagem (2013), cerca de R$ 12 bilhões por mês com esses pagamentos. De acordo com o relatório, foram encontrados quase 1.200 pessoas que recebem duas aposentadorias de forma irregular. Esses pagamentos podem somar R$ 6 bilhões ao ano de prejuízo, estima o TCU. No restante das aposentadorias, o TCU aponta que há problemas no cadastro que podem sinalizar que o INSS está pagando benefícios duplicados ou a quem não tem direito.

Mas o relatório informa que não pode afirmar que o benefício é pago irregularmente nesses casos – que respondem por pagamentos mensais de R$ 450 milhões (R$ 6 bi ao ano).
"Fraude no INSS pode ultrapassar R$ 6 bilhões por ano" diz TCU "Fraude no INSS pode ultrapassar R$ 6 bilhões por ano" diz TCU Reviewed by Gabriel Henrique on 13:36 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.