Dilma comemora vitória no STF, "quem manda aqui sou eu" diz presidenta

Apesar disso, o governo tenta manter as “portas abertas” com o deputado – e o peemedebista deu sinais, após a derrota, de que pode aceitar a trégua com o Palácio do Planalto, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. Ao ser questionado por líderes da base aliada, na tarde de terça, como será possível reconstruir um ambiente de estabilidade na Câmara, Cunha disse que admite conversar com o governo.



Dilma Rousseff estava na reunião de coordenação política com onze ministros quando soube das duas, das duas primeiras liminares do Supremo. De acordo com relatos de participantes do encontro, ela comemorou a decisão. “Vencemos o golpismo. Agora, temos muito trabalho pela frente”, disse a presidente, no Planalto. “Foi um momento de Copa do Mundo, esquecendo o 7 a 1 para a Alemanha”, comparou um de seus auxiliares.

Preocupado o agravamento da crise, o titular da Casa Civil, Jaques Wagner, reuniu-se na noite de segunda-feira com Cunha, na Base Aérea de Brasília. Em menos de uma semana, os dois se encontraram duas vezes e conversaram outras três por telefone. Sob a acusação de manter contas secretas na Suíça, abastecidas com dinheiro desviado da Petrobras, Cunha tem certeza de que o governo – com quem rompeu relações em julho – está por trás de seu calvário. Wagner disse a ele que o Planalto não tinha influência nas investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, nem no Ministério Público ou no Supremo e insistiu no diálogo. afirmou, ainda, que as portas estavam “abertas”.
Dilma comemora vitória no STF, "quem manda aqui sou eu" diz presidenta Dilma comemora vitória no STF, "quem manda aqui sou eu" diz presidenta Reviewed by Gabriel Henrique on 11:13 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.