Pular para o conteúdo principal

50 Tons de Cinza: Pornografia para menores assistir.


O livro e o filme "50 Tons de Cinza", é uma celebração do sadismo que domina quase todos os aspectos da cultura americana e se encontra no centro da pornografia e do capitalismo global. Ele glorifica a nossa desumanização das mulheres. Ele defende um mundo desprovido de compaixão, empatia e amor. Ele erotiza o poder hipermasculino que realiza o abuso, a degradação, a humilhação e a tortura de mulheres cujas personalidades foram removidas, cujo único desejo é o de rebaixar-se ao serviço da luxúria masculina. O filme, como "Sniper Americano", inquestionavelmente aceita um mundo predatório, onde os mais fracos e os mais vulneráveis ​​são objetos a explorar, enquanto os poderosos são semideuses narcisistas e violentos. Ele abençoa este inferno capitalista como algo natural e bom.

"Pornografia", escreve Robert Jensen, "é o que o fim do mundo se parece"

Estamos cegos pela própria fantasia auto-destrutiva. Uma matriz de diversões e espetáculos, incluindo os programas de "reality shows" da TV, enormes eventos esportivos, mídias sociais, pornografia (que ganha, pelo menos, o dobro do que os filmes de Hollywood geram), produtos de luxo sedutores, drogas, álcool oferecem atraentes portas de saída da realidade. Ansiamos por ser ricos, poderosos e celebridades. E aqueles que devemos menosprezar para construir nossos impérios patéticos são vistos como merecedores de seu destino. Praticamente quase todos nós nunca vamos alcançar estas ambições, o que é um emblema da nossa auto-ilusão coletiva e a eficácia de uma cultura inundada em manipulação e mentiras.

O pornô procura erotizar este sadismo. Na indústria pornô, as mulheres são pagas para repetir o mantra: "Eu sou uma p.... Eu sou uma cadela. Eu sou uma prostituta. Eu sou uma vagabunda. F...-me forte com o seu ... grande". Elas alegam ser abusadas fisicamente. O pornô tende a degradar os estereótipos racistas. Os homens negros são bestas sexualmente potentes perseguindo as mulheres brancas. As mulheres negras têm uma luxúria primitiva inexperiente. As mulheres latinas são sensuais e com sangue quente. As mulheres asiáticas são dóceis gueixas sexualmente submissas. Na pornografia, as imperfeições humanas não existem. Os enormes seios de silicone, lábios inflados com botox, os corpos esculpidos por cirurgiões plásticos, as ereções induzidas por drogas que nunca desaparecem e as regiões pubianas depiladas - as quais atendem a pedofilia - transformam os atores do pornô em pedaços de plástico. Cheiro, suor, respiração, batimentos cardíacos e toque são apagados juntamente com a ternura. As mulheres na pornografia são produtos embalados. Eles são bonecos do prazer e fantoches sexuais. Eles são despidos das verdadeiras emoções. O pornô não é sobre sexo, se definirmos o sexo como um ato mútuo entre dois parceiros, mas sobre masturbação, uma solitária auto-excitação desprovida de intimidade e amor. O culto da auto-mentira (que é a essência do pornô) está no âmago da cultura corporativa. O pornô, como o capitalismo global, é o lugar onde os seres humanos são enviados para morrer.

Há poucas pessoas de esquerda que compreendem o imenso perigo de permitir que a pornografia substitua a intimidade, o sexo e o amor. Grande parte da esquerda acredita que a pornografia é sobre o discurso livre, como se fosse inaceitável explorar financeiramente e abusar fisicamente de uma mulher em um trabalho clandestino na China, mas aceitável para fazê-lo no set de um filme pornô, como se a tortura fosse errada em Abu Ghraib, onde as prisioneiras eram sexualmente humilhadas e abusadas como se estivessem em um set pornô, mas admissível nos sites pornográficos comerciais.

Postagens mais visitadas deste blog

Sergio Moro pede apoio do povo brasileiro e diz que vai até o fim

O aniversário de 44 anos do juiz Sergio Moro nesta segunda-feira (1º) tem movimentado as redes sociais, principalmente entre os apoiadores da Operação Lava Jato e do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). 



O Movimento Avante Brasil, um dos organizadores das manifestações de 2016, prepara um “Twittaço” para esta segunda, às 18h.

Os protestos deste domingo (31) anteciparam as comemorações. Os manifestantes cantaram parabéns para o magistrado, responsável pelos processos na primeira instância.

A hashtag #FelizAniversarioMoro já é bastante publicada no Twitter na manhã desta segunda-feira. As mensagens se revezam entre agradecimentos, pedidos de prisão, “indiretas” e apelos ao “herói do povo brasileiro”.

90% dos juízes apoiam plea bargain de Moro

Pesquisa 'Quem somos. A magistratura que queremos', realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros, revela que a grande maioria de toga declara-se favorável ao sistema de transação penal que ministro da Justiça incluiu no pacote com alterações em 14 leis levado ao Congresso na semana passada.



Cerca de 90% dos magistrados brasileiros apoiam o plea bargain, acordo penal usado em larga escala nos Estados Unidos e defendido pelo ministro da Justiça Sérgio Moro, o ex-juiz federal da Operação Lava Jato. A informação consta de pesquisa realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), maior e mais influente entidade de classe que reúne em torno de 15 mil juízes de todo o País. A toga faz uma ressalva: endossa o plea bargain ‘desde que haja participação dos juízes’ nos acordos.

A pesquisa da AMB, rotulada ”Quem somos. A magistratura que queremos’, é um consolidado das cerca de 4 mil respostas ao questionário enviado a magistrados brasileiros, ativos e inativos, e aos m…

PF divulga inventário de Marisa Leticia, R$ 12 milhões em imóveis

Com informações doO Antagonista, Os advogados de Lula entregaram à Justiça a relação de bens do petista e de Marisa Letícia, morta em fevereiro deste ano.



As informações fazem parte do inventário da ex-primeira-dama. O patrimônio declarado do casal soma 11,7 milhões de reais, conforme a lista de bens abaixo:

1 – Apartamento residencial no Edifício Green Hill, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 602.435,01

2 – Apartamento residencial, número 92, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 179.606,73

3 – Apartamento residencial, número 102, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo.
Valor: R$ 179.606,73

4 – Fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 413.547,57

5 – Direito de aquisição de uma fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 130.000,00

6 – Automóvel Ford Ranger 2013/2013
Valor: R$ 104.732,00

7 – Automóvel Ômega CD 2010/2011
Valor: R$ 57.447,00

8 – Conta corrente no banco Bradesco
Valor: R$ 26.091,51 (posição de fevereiro/2017)

China sugere ao Brasil a Lei que dá pena de morte para os políticos corruptos

Tribunal popular ѕuрrеmо dа Chіnа еѕtаbеlесеu umа lеі que tráѕ a реnа de morte, раrа оѕ роlítісоѕ corruptos que fizeram desvio dе vеrbа, frаudе fiscal e ԛuе rесеbеrаm vаlоrеѕ іlíсіtоѕ.



Eѕtа Lei соmеçоu a tеr rеѕultаdо a раrtіr dеѕѕе аnо de 2017, ао ԛuаl ѕе torna um рrосеѕѕо lеgаl e fаz parte de uma revisão dо código реnаl de 2016, onde оѕ vаlоrеѕ аrrесаdаdоѕ nãо еrаm соmbіnаdоѕ раrа justificar оu nãо a арlісаçãо da pena de morte. 

Cоm a corrupção nо Brasil еѕtа соnhесіdа mundialmente e іѕѕо vem afetando várіоѕ países, a Chіnа соnvосоu ao рrеѕіdеntе mісhеl tеmеr a umа reunião ао ԛuаl o presidente dа China рrорõеѕ estabelecer еѕѕа lei nо Brаѕіl.

Lula é condenado mais uma vez na Lava Jato

Além de aumentar o tempo de reclusão, a condenação a 12 anos e 11 meses no processo do sítio de Atibaia pode complicar a progressão de regime do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde abril do ano passado.



A possibilidade, porém, ainda depende do julgamento do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre, que avaliará o recurso que a defesa de Lula deve apresentar sobre o caso. Três juízes federais de segunda instância irão avaliar se essa pena será mantida, aumentada ou até revista.

No ano passado, Lula já teve a pena em outra ação, a do tríplex de Guarujá, elevada pelo TRF-4 de nove anos e seis meses para 12 anos e um mês, também pela prática de corrupção e lavagem de dinheiro.

Na ação do tríplex, ele ainda recorre aos tribunais superiores e pode ser beneficiado com redução de pena e progressão para o regime semiaberto.

Mas ele pode ser preso novamente após o julgamento do recurso do sítio de Atibaia pela s…